High-res version

Assustados do bem, no Rio de Janeiro

Confesse sem medo: você anda vivendo de sobressalto em sobressalto, no susto, se esgueirando na vida. E sabe muito bem que a chance de acabar logo com isso não está no horizonte, é imprevisível. Pois, então, o que não tem remédio, remediado está, reze para que Susto, o cartaz mais divertido da temporada, que esteve até este domingo de pré-carnaval no Teatro dos 4, volte ao palco.

 

Para o espírito carioca, amante da irreverência diante de si e diante de tudo, o hilário Susto, texto virtuoso de Saulo Sisnado, é imperdível de verdade, coisa para chorar de rir. Mas acabou, para a tristeza geral de todos. Então, fazer o quê? Só nos resta torcer para que esta oportunidade tão sintonizada com o espírito da cidade não nos abandone, reencarne, retorne do além-cena para nos ajudar a aliviar os horrores nossos da atualidade. A cidade merece!

+Read more